Festival das Sementes trará ricas experiências de Convivência como Semiárido

IMG_9893Um evento onde agricultores e agricultoras de várias partes do Piauí serão os grandes protagonistas tendo as experiências de convivência com o semiárido como vitrine principal, assim estar sendo preparado o I Festival das Sementes da Fartura do Piauí sob a organização do Fórum Piauiense de Convivência com o Semiárido – FPCSA que não terá somente venda e trocas de sementes, mas uma serie de atividades no âmbito segurança alimentar. O evento estar em fase final de preparação e conta também com a realização de visitas, intercâmbios, oficinas temáticas e solenidades de inauguração de casas de sementes.


O I Festival de Sementes da Fartura do Piauí acontece na cidade de Pedro II nos dias 17 e 18 de julho onde contará com a participação de quase 700 agricultores de várias regiões do Piauí. Todo o evento inicia no dia 17 com visitas de intercâmbio em diferentes regiões dos municípios de Pedro II, Piracuruca e Lagoa de São Francisco.
Locais como o sítio Agrocecológico Barro dos Lopes da família de seu Oliveira e Conceição, local onde produz em horta sombreada com alto índice de economia de água, roça agroecológica que resiste até 20 dias sem chuvas e várias outras experiências de convivência com a realidade local.
A localidade Chã dos Bringel a 02 km da sede do município de Lagoa de São Francisco possui uma riqueza de prática e firmação do jovem na agricultura. Cristino de Souza se formou em técnico em agropecuária numa escola técnica e estar aplicando no campo todo o conhecimento adquirido na escola. Junto com sua esposa Eliane de Barros produz hortaliças orgânicas que é comercializada na cidade. O casal recebeu uma cisterna calçadão do Programa Uma Terra e Duas Águas – P1+2 da Asa Brasil onde tem ajudado na produção da horta orgânica da família. Cristino conta com alegria que parte da renda adquirida na comercialização de hortaliças vem sendo investido no aumento da área produtiva, iniciou seu projeto há pouco tempo atrás onde conseguia quase 500 reais/mês, um ano depois Cristino conta que esse valor quase triplicou o que tem trazido melhoria na vida do casal.
Além dessas, outras experiências muito valorosas serão visitadas pelos agricultores participantes do Festival. Experiências como as casa de sementes comunitárias que estão trabalhando com a preservação e fortalecimento da semente da fartura da agricultura familiar.
No dia 18 serão trabalhadas dez oficinas temáticas com ênfase no fortalecimento da agricultura familiar com trocas e estocagem de conhecimentos.
O evento conta com uma rica programação onde a convivência com o semiárido e a sabedoria popular serão destaques em diversos momentos durante os dois dias de Festival.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s