Semana é Bom Saber traz os temas meio ambiente e literatura em apresentações

Cumprindo um extenso calendário de apresentações a Ecoescola Thomas a Kempis concluiu na ultima sexta feira (06) a Semana Temática, um evento da escola que traz belas e ricas apresentações. A edição deste ano não foi muito diferente dos anos anteriores em apresentações, mas foi sim especial em participação e engajamento das equipes que tiveram muito trabalho, mas em compensação tiveram resultados enriquecedores em aprendizagem. “Foi uma apresentação mais bonita do que a outra”, dizia a Diretora Adeodata dos Anjos.

Continuar lendo

Anúncios

Multiplicação de enxames de abelhas nativas é tema e prática de curso na Ecoescola

“A abelha nativa ou também indígena como alguns chamam tem papel fundamental na polinização das matas nativas de nossa região”. Essa foi uma das afirmativas repassadas pelo o instrutor do Curso de multiplicação dos exames de abelhas sem ferrão realizado na manhã da ultima quinta na feira (31.08) na Ecoescola Thomas a Kempis para alunos da Ecoescola, técnicos e famílias participantes do Projeto de Resgate, Preservação e Incentivo à Criação de Abelhas Nativas e de melhoramento da espécie Ápis Melífera. Famílias essas que também recebem a assessoria do Centro Mandacaru neste campo.  O curso foi monitorado por Edvan Lustosa, um comerciante que herdou de sua família a prática de produzir mel de abelhas sem ferrão na região de Piripiri.

Continuar lendo

Confraternização reúne família e escola pela comemoração do dia dos Pais

Além das jogadas em campo já não serem aquelas dignas de um clássico do futebol no Brasil, as risadas eram constantes tanto dos filhos quanto das esposas que acompanhavam o animado futebol dos pais. A brincadeira descontraída e muito animada aconteceu durante a festinha em homenagem ao dia dos pais ocorrido no segundo domingo de agosto, mas só organizado e comemorado pela escola Asa Branca na manhã de sábado dia 19. O evento aconteceu na quadra da Ecoescola Thomas a Kempis e contou com três partidas de futebol dos pais e uma deliciosa feijoada para as famílias que marcaram presença.

Continuar lendo

Educação do Campo: Ecoescola recebe visita de estudantes da UFPI

Uma delegação com 30 pessoas incluindo estudantes e professores da Universidade Federal do Piauí – UFPI Campus Floriano estive na Ecoescola Thomas a Kempis na última sexta feria dia 18 de agosto para conhecer as práticas ali trabalhadas com foco na convivência com o Semiárido. A delegação era formada por estudantes do curso de licenciatura plena em educação do campo sob a coordenação do professor Erlon Barros. A programação da visita ocorreu em duas etapas, sendo no primeiro momento a visita nas áreas da escola onde os alunos/as puderam ver a roça agroecológica, a horta sombreada, a área dos compostos entre outros. No segundo momento a professora Jaqueline de Sousa apresentou a proposta pedagógica da Ecoescola e o modelo de educação contextualizada trabalho no cotidiano da escola há 16 anos. O acompanhamento nas áreas foi realizado pelos alunos Ailson Soares e Maria da Conceição.

Continuar lendo

Hortas devem aumentar geração de renda de famílias

A qualidade de vida nos dias atuais se torna cada vez necessária. Sabendo disso o Centro de Formação Mandacaru já vem a 25 anos motivando e colaborando com famílias do Semiárido a melhorarem de vida seja através da educação, acesso a terra, acesso a água e também na geração de renda. Nos últimos quatro anos a Entidade com o apoio de grupos da Alemanha e organizações aqui no Brasil, já 20 estruturou hortas sombreadas que atualmente produzem hortaliças agroecológicas sendo comercializadas nos estabelecimentos comerciais e feiras dos municípios de Pedro II e Milton Brandão. Juntas essas famílias estão colocando no mercado aproximadamente 350 quilos de hortaliças diariamente nestes dois municípios. Hortaliças sem a utilização de nenhum tipo de agrotóxicos, ou seja, saudáveis. Pode até parecer um número pequeno se comparado com os grandes volumes de verduras vendidas diariamente na região, porém se mencionado a quantidade de famílias que deixam de comprar e claro consumir verduras contaminadas, esse número vai lá pra cima, pois cada quilo de verdura é suficiente para pelos menos cinco ou seis famílias.

Continuar lendo