Contagem regressiva para a VII Feira da Fartura

Se a população observar com maior atenção vai perceber que nos dias atuais uma grande quantidade de alimentos com agrotóxicos chega de forma bem silenciosa nas refeições do brasileiro. No contra ponto dessa realidade vem várias organizações e articulações no Brasil que promovem ações no objetivo de fortalecer a produção de alimentos agroecológicos, possibilitando os mesmos chegarem na mesa dos brasileiros. Assim sendo, se tem a certeza também de que a população tendo acesso a alimentos produzidos de forma agroecológica é também a garantia de se consumir produtos mais saudáveis.

Continuar lendo

Anúncios

Traje havaiano dar o tom da Folia

Com a chegada da festa popular de Rei Momo, o Carnaval, a escola infantil Asa Branca realizou a festinha com muita alegria. Este ano coincide a data do carnaval próxima da primeira semana de aula, ficando pouco tempo de arrumar o ambiente para o clima de carnaval. Mesmo assim foi possível preparar as fantasias, combinar com os pais para arrumar os pequeninos e aí ligar o som para entrarem na festa.  Todas as educadoras fizeram as festinhas de suas turmas na tarde desta quinta feira dia 08.02. Muita energia e também muita alegria das crianças.

Continuar lendo

Abraços e emoções marcam reencontro de Eco Alunos

“Hoje minha vida é contada a partir de duas fases, uma antes e outra após minha experiência como estudante na Ecoescola”. Dizia em seu depoimento um dos ex alunos convidado. “Pra vocês que estudam agora, aproveitem, porque foi aqui que passei os melhores dias da minha vida”. Afirmava outra ex aluna que hoje tem formação profissional no setor de fisioterapia. Estes são alguns dos muitos depoimentos que trouxeram emoções, saudades e reencontros no evento realizado na manhã de quinta feira (08) na quadra da Ecoescola Thomas a Kempis. Evento chamado de Café com Ex, numa referência aos muitos estudantes que por ali passaram. Eles foram convidados a participar deste momento e assim contarem um pouco de sua história para os atuais estudantes do ensino médio. O reencontro contou com antigos e atuais alunos e também com convidados e educadores/as.

Continuar lendo

Coordenação do CEBI traça planos 2018

A coordenação das Escolas Bíblicas que trabalha a leitura popular da bíblia nas comunidades, com base no Centro de Estudos Bíblicos – CEBI esteve reunida na última sexta feira dia 02 de fevereiro com o objetivo de planejar as atividades do setor para 2018. Estiveram presentes 12 coordenadores/as das diferentes regiões de Pedro II. Entre os encaminhamentos ficou acertado a produção da cartilha de encontros com tema “Os Ensinamentos de Jesus”. A cartilha é considerada uma ferramenta importante nos estudos durante os encontros. “Estes livros nos ajudam muito na comunidade, pois com ele a gente pode ler, debater e aprofundar nossos conhecimentos sobre a bíblia”. Dizia a representante Hosana da comunidade Paudarcal. Foram combinados também os eventos importantes que as escolas devam participar na Diocese como os encontros sobre a Campanha da Fraternidade.

Continuar lendo

Tema agroecologia é destaque em curso para agricultores

O setor de Agricultura Familiar do Centro de Formação Mandacaru realizou nos dias 02 e 03 de fevereiro seu primeiro evento de formação para este ano. O público deste primeiro evento foram as novas famílias a serem acompanhadas em 2018. Uma vasta programação em seu calendário que inclui visitas técnicas, intercâmbios, curso nas áreas de produção e comercialização entre vários outros estão agendadas no setor para este ano. Como mencionado acima na última sexta feria dia 02 de fevereiro as novas famílias que estarão recebendo a assessoria técnica do Mandacaru na área de produção agroecológica estiveram reunidas na Escoa Thomas a Kempis para receberem formação e também realizarem práticas de manejo nas áreas da escola.  Este é um evento que estar pensado em dois momentos, um de teoria onde nossos técnicos apresentam o passo a passo e planejamento na sua área de produção. No segundo momento os participantes vão para a prática na construção de canteiros e podas de plantas frutíferas, dizia Francineth Pereira, coordenadora do setor.

Continuar lendo