Equipe do Mandacaru participa de Seminário sobre o projeto MATOPIBA

IMG_0602Com o objetivo de mobilizar, fortalecer as organizações sociais e avançar no debate sobre os possíveis impactos que o projeto MATOPIBA trará para a biodiversidade dos Cerrados e da Caatinga, a Comissão da Pastoral da Terra – CPT e a Federação dos Trabalhadores/as na Agricultura – FETAG realizaram nos dias 28 e 29 de abril o I Seminário de Perspectivas Populares do MATOPIBA no Piauí. O evento foi realizado no auditório da UFPI campus de Bom Jesus do Piauí cidade da região sul do Piauí a 800 km de Teresina e contou com quase 500 participantes entre famílias agricultoras de comunidades tradicionais e quilombolas da região dos cerrados, estudantes universitários, líderes sindicais, representantes do judiciário, professores/as, integrantes do Fórum Piauiense de Convivência com o Semiárido – FPCSA e representantes do governo do Estado.

IMG_0646

O Centro de Formação Mandacaru esteve presente no Seminário acompanhando e contribuindo no debate sobre a questão agrária no Estado. Neto Santos e José Pinheiro estiveram representando o Mandacaru juntamente com mais quatro pessoas agricultoras da região de Canto do Buriti, território onde a Entidade trabalha atualmente no projeto de cisternas.

O Seminário abordou temas como a perspectiva dos povos dos cerrados e do Semiárido diante da vinda deste projeto, a situação fundiária no Piauí e ainda os desafios do projeto MATOPIBA na produção de alimentos.

Entre os encaminhamentos tomados ao termino do Seminário estar a criação de um Grupo de Trabalho – GT formado pelas organizações sociais que estão a frente do debate como CPT e FETAG no objetivo de dar continuidade as ações de fortalecimento do movimento de proteção a vida e a biodiversidade da região

O projeto MATOPIBA também chamada de MAPITOBA, resulta de um acrônimo formado com as iniciais dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. Ele designa uma extensão geográfica que recobre parcialmente os territórios dos quatro estados mencionados. Inicialmente conhecida por região do MAPITO, passou a englobar o oeste da Bahia, tornando-se assim, região do MATOPIBA. O projeto é regulamentado pelo Decreto nº 8.447 de 06 de maio de 2015, engloba 73 milhões de hectares dos três biomas Cerrados, Amazônia e Caatinga. 91% dele estar presente no bioma Cerrados. É um projeto criado pelo Ministério da Agricultura e seu principal objetivo é a produção agrícola em alta escala, ou seja agronegócio. Segundo dados do IBGE 11% do MATOPIBA fica no Piauí, abrangendo 13 municípios.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s