Evento faz avaliação da execução de programa e debate os direitos das comunidades quilombolas

A execução do programa de cisternas da Articulação do Semiárido Brasileiro – ASA Brasil inclui a realização do Encontro Microrregional cujo objetivo é avaliar as ações trabalhadas e também promover o debate sobre temas presentes no Semiárido com foco nos territórios onde as organizações atuam. O Centro de Formação Mandacaru vem trabalhando desde fevereiro deste ano o programa de cisternas para a captação de água para o consumo humano em quatro municípios envolvendo três territórios na região norte do Piauí. Os municípios contemplados neste termo de parceria são: Luís Correia, Caxingó, Campo Maior e Sigefredo Pacheco. O evento aconteceu na Ecoescola Thomas a Kempis nos dias 26 e 27 de julho. Além de representantes de comissões municipais e famílias beneficiadas, algumas organizações comunitárias quilombolas de outros três municípios foram convidadas de Piripiri, Batalha e Assunção do Piauí.

O encontro microrregional teve no seu primeiro momento a avaliação das ações trabalhadas no programa nos últimos 04 meses. A segunda parte da programação foi dedicada para palestras e mesa de debates sobre as lutas e conquistas das comunidades quilombolas, em destaque as comunidades convidadas para este espaço dos municípios de Piripiri, Batalha e Assunção do Piauí.

“Este é um tema pouco debatido pela sociedade civil, por isso precisamos avançar nesta discussão e unir forças com essas comunidades para que sejam preservadas suas origens, cultura e histórias”. Lembrava a antropóloga Adeodata dos Anjos, também coordenadora da mesa de debates.

“Nossa cultura estar se acabando silenciosamente, no entanto já iniciamos um resgate de nossas raízes por isso consideramos um avanço importante na busca de nossos direitos, mesmo sabendo do quanto é desafiador e lento esse processo de conquistas que ao longo dos anos tem sido negados”. Relatava Denilson dos Santos, líder comunitário na comunidade Quilombola Marinheiro do município de Piripiri.

Durante a avaliação do evento, alguns participantes disseram do quanto o momento foi de aprendizagens e fortalecimento da luta por políticas públicas para o Semiárido.

O Programa Um Milhão de Cisternas é de iniciativa da Articulação do Semiárido Brasileiro – ASA Brasil com o apoio do Governo Federal.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s