Dia da Água com manifestação por Políticas Públicas

O Dia Mundial da Água marcou um grande momento de manifestação por políticas públicas para uma vida mais digna ao povo do semiárido piauiense. O evento foi organizado pela Asa Piauí através do Fórum Piauiense de Convivência com o Semiárido. Mais de 600 pessoas de todo o Piauí estiveram em Teresina na quinta feira dia 22 para realizarem esse Ato Público em defesa dos povos do Piauí. Dois pontos foram mais fortes na pauta da manifestação. O primeiro foi contra a cisterna de plástico que começa a ser instalada no Piauí através do Governo Federal. As entidades entendem que esse modelo de cisterna trará muitos prejuízos por não fortalecer a organização e mobilização social do povo do semiárido piauiense. O segundo tema de reivindicação foi no tocanter aos problemas causados pela falta de chuva, a maioria dos municípios do Estado precisam de soluções urgentes pois a perda na produção agrícola ultrapassa 70%. O Governo precisa agir já e o movimento estar reivindicando isso.


A manifestação teve início na Praça da Liberdade onde houve a fala da Coordenação do Fórum e de líderes comunitários. Depois o movimento saiu em caminhada pela Av. Frei Serafim no centro de Teresina seguindo até o Palácio do Governo onde foi pedida uma audiência com Wilson Martins. O governador não recebeu a comissão do movimento alegando agenda. Porém um de seus assessores firmou o compromisso de agendar uma reunião entre governo e comissão desse movimento nos próximos 10 dias a contar daquela data.

A proposta da audiência com o governo é apresentar um documento onde pede providencias e soluções para estes problemas acima citados. O documento já foi protocolado faltando apenas essa audiência. Segundo o movimento caso o governo não cumpra a promessa eles voltaram a acampar em frente ao Palácio do Governo.


Pedro II firme

Os movimentos de Pedro II mostraram mais uma vez que estão unidos quando o assunto é lutar pelo povo do Piauí. Mandacaru, Kolping, Sindicato Rural, Fórum das Entidades de Pedro II e Fundação Santa Ângela juntaram-se e enviaram cem pessoas em dois ônibus, ou seja, mais de 20% dos manifestantes eram de Pedro II.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s