Família aumenta produção de Horta mesmo utilizando pouca água

DSC02192O exemplo registrado a seguir é uma das muitas atividades desenvolvidas e apoiadas por Entidades no semiárido que comprovam quando há planejamento, força de vontade e organização é possível fazer muito utilizando pouco. Quando os grandes meios de comunicação publicam que no Nordeste do Brasil só tem tristeza e pobreza, deveriam também mostrar uma região rica de alegria e potencialidades em diversos setores conforme mostrado nessa matéria.

Prova disso é a história da família de D. Izolete e seu Orlando da localidade Coitada (a 13 km de Pedro II). A família tinha muita dificuldade de produzir hortas na sua propriedade, tendo como causa maior a pouca água. O Mandacaru através do setor de organização e produção iniciou um trabalho de assessoria para as famílias dessa localidade começando com um planejamento de como produzir mais utilizando pouca água. Foi aí que entrou a experiência da Ecoescola na produção de horta orgânica. As famílias passaram a receber cursos, reuniões e apoio em infraestrutura com o objetivo de melhorar a produção dessas famílias em suas hortas. O primeiro passo foi a montagem de uma caixa para distribuição da água de um poço da comunidade com fins produtivos.

O Mandacaru através dos setores de Organização e a Ecoescola incentivaram as famílias a produzirem no sistema sombrite, (montagem de uma estrutura onde retém 50% da luz solar, preservando melhor a umidade nos canteiros). Dessas famílias se destacou a de D. Izolete. Antes a família cultivava oito canteiros de hortaliças com muitas dificuldades.Depois do sistema sombrite em funcionamento a produção dobrou de oito para 16 canteiros. O consumo de água que já era pouco foi reduzido mais ainda neste momento devido a estiagem de 2012, mas a produção continua em alta. Os canteiros são aguados de dois em dois dias, a família estar tirando por semana o dobro de verdura que tirava antigamente. As hortaliças são comercializadas na comunidade e região como também na cidade de Pedro II gerando renda familiar.

O que a família cultiva é pouco se comparado com grandes produções. Mas é muito quando comparado com a produção na agricultura familiar. Exemplos como esse da família de D. Izolete e Orlando mostra que nossa região é produtiva e viável, só precisamos nos adequar a realidade de nosso semiárido tornando-o sustentável.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s