Inverno de 2023 deve ser abaixo da média e bem irregular na região de Pedro II

Segundo a sabedoria popular de agricultores e agricultoras da região de Pedro II as chuvas este ano devem ocorrer abaixo da média e com baste irregularidades na região de Pedro II. As previsões foram apresentadas no ultimo sábado, (07) durante a realização do XV Encontro de Profetas da Chuva de Pedro II, o evento teve início às duas da tarde com duração quatro horas e aconteceu no Laguna Clube, bairro Boa Esperança.

Cada profeta que fazia uso da palavra para trazer sua leitura da natureza apontava indícios de que segundo os sinais dos pequenos animais e das plantas, as chuvas não serão intensas e com pouca duração. A previsão indica chuvas leves ou mesmo que ocorra chuvas fortes, tendem a passar longos tempos sem chover, o que geraria a irregularidades. Segundo seu Zé Inácio, experiente profeta da comunidade Cachoeira Grande, disse durante no evento que observou “os soldadinhos”, pequenos gafanhotos aparecendo já em dezembro, o que segundo ele não é natural. “Eles só costumam aparecer no final do período chuvoso, ou seja, entre abril e maio”, disse.

Mesmo mostrando uma forte tendência de chuvas abaixo da média para 2023, uma apresentação da Adeodata dos Anjos realizada nesse mesmo evento, mostrou através de anotações feitas nos últimos 20 anos que o volume de chuvas nesta região costuma atingir entre 700 e 1.100mm por ano, o que também aponta  uma perspectiva positiva do ano de 2023 também ter boas chuvas, talvez também distantes umas das outras, o que comprovaria a previsão dos profetas de inverno irregular. 

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s