Pedro II sedia evento ambiental com foco na Paisagem Alto Poti

Uma parceria entre o Centro de Formação Mandacaru de Pedro II e o Instituto Sociedade, População e Natureza – ISPN de Brasília vem fortalecendo uma ação que vai gerar bons frutos para às populações da região do Alto Poti. É o Projeto PPP-Ecos/GEF-7 Cerrado e Caatinga que visa apoiar iniciativas coletivas das organizações comunitárias existentes dentro dessas paisagens. No caso desta região do Alto Poti, a proposta tem o alcance de três municípios: Juazeiro do Piauí, Milton Brandão e Pedro II.

Com essa temática em pauta, foi realizada na última quinta feria dia 17, em Pedro II, uma oficina que contou com representações das associações comunitárias desses três municípios. O evento tinha como objetivo promover o diálogo com esses atores locais da paisagem para subsidiar a atualização do diagnóstico da paisagem no contexto do Projeto PPP-Ecos Cerrado e Caatinga, a partir do levantamento dos problemas socioambientais da paisagem e possíveis soluções. Ações estratégicas a serem contempladas nas linhas de apoio do edital do projeto.

Estiveram presentes também na oficina outros parceiros importantes e estratégicos na proposta do projeto como os Sindicatos Rurais dos três municípios, as Secretarias de Agricultura dos municípios de Milton Brandão e Juazeiro do Piauí, o Instituto Federal do Piauí – IFPI Campus Pedro II e a Rádio Matões FM.

A ideia é nos próximos anos as famílias organizadas através de suas associações trabalharem ações coletivas que visam a melhoria de vida dessas famílias e ao mesmo tempo preservem a matas, nascentes e paisagens dos Rios Capivara e Parafuso, afluentes do Rio Poti. Esses pequenos projetos terão o apoio do PPP-Ecos/GEF-7 através do ISPN.

O Projeto GEF também vem trabalhando essa mesma proposta em mais outras três paisagens do Semiárido sendo na Bahia, Pernambuco e Minas Gerais.

Mandacaru realizará o XIV Encontro dos Profetas e Profetizas da Chuva no Piauí

Mantendo o calendário de realização do maior evento da sabedoria popular da região norte do Piauí, o Centro de Formação Mandacaru de Pedro II realiza nesta sexta feira dia 14 o Encontro dos Profetas e Profetizas da Chuva 2022.  O evento acontece na Ecoescola Thomas a Kempis a partir das duas da tarde e vai reunir vários agricultores e agricultoras com grande sabedoria popular e com uma qualidade única de observar os sinais da natureza. O encontro desperta no público admirador, uma forte identidade de ancestralidades e mitos que em muito dessas pessoas se encontram adormecidos.

Por conta da pandemia, o encontro não receberá o público para assistir presencialmente. Mas estará disponível nas páginas da Matões FM e Ecoescola no facebook e nas páginas da TV Nestante e Ecoescola no youtube com transmissão ao vivo de todo o evento.

A organização também teve a preocupação de restringir a quantidade de pessoas presentes, por essa razão alguns depoimentos dos profetas e profetizas serão em vídeos e não ao vivo. Os demais e também os convidados farão suas falas ao vivo no evento.

O encontro deste ano volta a receber profetas e profetizas de Piripiri. Duas dessas pessoas estarão presentes representando o grupo de profetas daquele município. Ao todo são esperados 15 profetas e profetizas.

Uma outra atração deste ano também será a presença de duas benzedeiras, mulheres com o dom da cura através de suas orações. Essas mulheres farão uma fala sobre seus dons.

Durante o evento, cada um/a terá até cinco minutos para fazer sua apresentação e dizer o que tem observado nos sinais da natureza que indicam chuvas.

Ao longo de suas realizações, o Encontro dessas sábias pessoas tem recebido o apoio de organizações e estudiosos importantes como pesquisadores/as, universitários, professores/as e sociólogos/as. Também de veículos de comunicação como a Matões FM e a Tv Nestante.

Setor de Agricultura Familiar inicia atividades com famílias em Milton Brandão

Numa parceria com o Sindicato dos Trabalhadores/as Rurais do município de Milton Brandão a 35 km de Pedro II, o Centro de Formação Mandacaru de Pedro II através do setor de apoio da agricultura familiar irá a partir deste ano, (2021) prestar assessoria técnica naquele município. Serão atendidas nesse primeiro momento famílias que cultivam hortaliças e frutas de forma agroecológica em seus quintais produtivos. Algumas dessas famílias já comercializam suas hortaliças nas comunidades vizinhas, por isso elas também receberão cursos e oficinas sobre produção e comercialização dos produtos da agricultura familiar.

Os trabalhos de campo já deveriam ter iniciados em março deste ano, porém por conta da pandemia, somente agora estão sendo realizadas as primeiras visitas para o planejamento de propriedade. A ideia inicial do Mandacaru é identificar o potencial, limitações e particularidades de cada quintal produtivo para somente a partir desse momento, as atividades sejam planejadas com a família.

Para o Sindicato Rural de Milton Brandão essa é uma excelente oportunidade das famílias melhorarem sua produção e comercialização de produtos saudáveis. Oportunidades boa desses produtos agroecológicos chegarem até as famílias da cidade como também de outras comunidades.

O Inverno será criador na região de Pedro II, afirmam profetas

Realizado no formato on line o XIII Encontro dos Profetas e Profetisas da Chuva de Pedro II Piauí, edição 2021 trouxe informações valiosas dos sábios agricultores e agricultoras que tem a habilidade de observar os sinais da natureza que indicam chuva. O evento foi realizado na tarde deste sábado (16) e durou três horas, com transmissão pelo facebook da Ecoescola Thomas a Kempis e Matões FM e também pelo Youtube da TV Nestante. Esse ano o encontro teve a participação de 17 profetas e profetisas, sendo quartoze de Pedro II e três de Piripiri.

Continuar lendo

Família Agricultora é contemplada com horta sombreada

Com um quintal produtivo e uma boa área de plantação com hortaliças agroecológicas, a família de Vanderlando Monteiro e Fátima de Oliveira na comunidade Buriti Grande a 09 km de Pedro II, foi a mais nova família a conquistar uma horta sombreada para melhorar sua produção, economizando água e tempo de trabalho. Há três anos o Centro de Formação Mandacaru acompanha a família agricultora na assessoria técnica e apoio na produção agroecológica. A construção da horta se deu pelo sistema de mutirão entre os técnicos do Mandacaru e a família que agora tem um motivo a mais para comemorar já que o sistema de produção traz vários benefícios para a família.

Continuar lendo