Centro Mandacaru prepara a V Feira da Fartura

Os grandes dias da Semana Santa como costuma dizer o agricultor estão chegando. Dias em que os produtos da agricultura familiar são os mais consumidos como feijão verde, macaxeira, cheiro verde, ovo caipira, azeite de coco entre tantos outros. Na quarta feira da Semana Santa costuma acontecer uma das maiores feiras de Pedro II em movimentação e variedades de produtos da roça. Este ano dá todos os rumos de que este dia não será muito diferente de anos anteriores até porque as roças e quintais mostram muitos legumes já chegando principalmente o feijão verde. Há comunidades também que já possuem milho verde, o abobora e o maxixe, frutos já deste inverno.

É neste período também em que o Centro de Formação Mandacaru de Pedro II mobiliza, articula e motiva as famílias agricultoras a unirem-se e num mesmo lugar para venderam seus produtos da roça para a Semana Santa, assim se atingem três metas num mesmo evento. Primeiro que gera renda para o agricultor que vende seu produto, segundo porque dar a oportunidade para outras pessoas do interior ou da cidade terem em suas mesas nos dias Santos o produto da agricultura familiar e terceiro porque ali é comercializado produtos orgânicos de base agroecológicos.

Este encontro dos produtos da agricultura familiar é chamado de Feira da Fartura que acontece tradicionalmente na terça feria, um dia antes da grande feria da Semana Santa. O Centro Mandacaru já estar com todos os preparativos encaminhados para a feira deste ano. Várias famílias agriculturas de diferentes regiões de Pedro II já confirmaram presença e deve trazer além do milho e feijão verdes, o bolo caseiro, o molho de pimenta e o pão caseiro.

Este ano será a V Feira da Fartura e acontecerá na Praça da Matriz na terça feria dia 11 de abril a parti das 06 da manhã e contará com o apoio da Secretaria Municipal de Agricultura e o Fórum das Entidades.

Segundo a Coordenação do Mandacaru este é um evento que deve acontecer ao menos uma vez por mês em Pedro II, o desafio neste momento é ainda a organização dos agricultores com este potencial como também o planejamento de produção dos produtos para que a feira possa dar os passos mais concretos da sua realização. O Mandacaru entende também que o apoio de órgãos públicos como a Secretaria Municipal de Agricultura, o Sindicato da categoria, as Organizações que trabalham com a Convivência com o Semiárido se torna de máxima importância para a sustentabilidade da Feira da Fartura.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s